sábado, 21 de março de 2009

# PAIXÃO #


Amo tua voz e tua cor


E teu jeito de fazer amor


Revirando os olhos e o tapete


Suspirando em falsete


Coisas que eu nem sei contar


Ser feliz é tudo que se quer


Ah! Esse maldito fecho eclair


De repente a gente rasga a roupa


E uma febre muito louca


Faz o corpo arrepiar


Depois do terceiro ou quarto copo


Tudo que vier eu topo


Tudo que vier, vem bem


Quando bebo perco o juízo


Não me responsabilizo


Nem por mim, nem por ninguém


Não quero ficar na tua vida


Como uma paixão mal resolvida


Dessas que a gente tem ciúme


E se encharca de perfume


Faz que tenta se matar


Vou ficar até o fim do dia


Decorando tua geografia


E essa aventura em carne e osso


Deixa marcas no pescoço


Faz a gente levitar


Tens um não sei que de paraíso


E o corpo mais preciso


Do que o mais lindo dos mortais


Tens uma beleza infinita


E a boca mais bonita


Que a minha já tocou

11 comentários:

Romeu disse...

COMO EU GOSTO DE FAZER AMOR E ASSIM..

Prazer real O sexo não se resume apenas à penetração. Frases picantes, carícias nas inúmeras zonas erógenas, 'brinquedinhos', fantasias sexuais antes, durante e depois fazem um enorme efeito.
Quero sentir o seu gosto roçando a minha língua em seu corpo,
Quero ouvir seus gemidos, pedindo sempre mais...
Quero transar de dia, tarde ou noite
Quero te ver gozar e te satisfazer de prazer.
ROMEU.

REBECA disse...

Amado mío!!

escucha mi cantar saltan los versos

danzan en mi hogar

tu abres las puertas del recuerdo

las abres para amar.

Acompaña mi canto

este canto de amor

festejemos un día más de amarnos

un día más con pasión.

Voltea atrás, el recuerdo nos sonríe

tan claro como esos días

tan bello como tu mirar.

Amado mío

bailemos este vals

la música los latidos

la pista nuestro andar.

Un te amo se oye en eco

en suspiros de vapor

colgado del sentimiento

formando un corazón.

Amado mío,

Mira la luna que de su brillo se despejan

Algo nunca antes visto

una lluvia de estrellas.

señales o testigos,

algo inexplicable

solo siento yo tu abrigo

que cura así mis males.

amado mío

se que ausente nunca estas

pero aun así te extraño

me hace falta tu mirar

tus brazos que me arrullen

tus labios que me besen

tus caricias que me toquen

tu cuerpo que me estreche.

por eso amado mío

empecemos a soñar

sigamos con la fiesta de recuerdos

se que nunca acabara.

y así colgada de ilusiones

me abrazo de tu amor

bésame amado mío,

es tan rico tu sabor.
Rebeca.

Joana. disse...

A dor de amar alguem em SILENCIO!

De repente você se aproxima... começo a tremer...
Me abraça com força... Com mais força...
Sinto através do abraço o teu corpo quente.
Tento conter minha respiração, pois ela está acelerada, ofegante.
Sinto arrepios, tremor, calor e as minhas mãos suam.
Todo o meu corpo se machuca e principalmente o meu coração dói de amor.
Ele dilacera e fala por mim através de uma linguagem própria.
Parece pedir que me possua....
Insistentemente pede que me ame!...
Viro rapidamente a cabeça para trás, num gesto único e cheio de desejo
para poder me sentir beijada das têmporas ao colo.
Depois, estico o meu corpo como que pedindo ainda mais carícias...
O toque das suas mãos chega de uma forma que só você sabe tocar,
me deixando numa exaltação...
Numa excitação inesplicavelmente forte de prazer.
Peço desesperada sussurando ao teu ouvido,
maliciosamente intencionada pelo olhar,
que me beije mais!
Que me ame mais!... Anestesiando-me inteira com o seu amor...
Peço deseperadamente ao mesmo tempo em que procuro a posição perfeita para ser amada. Sinto uma onda de calor me envolver da cabeça aos pés,
vindo tão fortemente q mal posso controlar os movimentos desesperados do meu corpo...
Fixo o meu olhar em ti contemplando pela primeira vez
a beleza e o encanto da tua nudez revelada, tal qual a de um deus grego.
Embriago-me observando aquela imagem máscula diante de mim.
Parece miragem...
Quando numa nuança me delicio através desse corpo de homem tão desejado!
Beijo degustadamente todo o teu corpo seguido de um prazer intenso,
inexplicavelmente p mim o maior do mundo.
...Cometi loucuras com o teu corpo, enquanto te tornara meu cúmplice...
JOANA.

Zeca Diabo disse...

Sinto em meu corpo...

Sinto em meu corpo
sua língua.
Que me arde
Como se fosse
um chicote
de
fogo.

E mesmo que
eu não queira
me induz
a jogar
o seu
jogo.

Me entorpece
os sentidos,
abafa-me
os gemidos
até provocar
o meu
gozo.

Que poder
é esse?
Que sedução
devassa,
é essa
que sinto
sempre
que você
me abraça?

Só de lhe ver
me arrepia
a pele, em
choques
térmicos.
E me rendo
pacífica
aos seus
desejos
hipotéticos.

Me excita e
me choca
a sua ousadia.
Mas sempre
mais e mais,
como num
crescendo,
embarco
na sua
fantasia.

E quando
entregue
aos nossos
devaneios
sentindo
em meu
corpo
os seus
meneios,
nada mais
importa.

Abrimos do desejo
as portas,
simplesmente
porque
você é
meu homem
e eu...
sou sua
mulher...
ZECA DIABO.

Osvaldo disse...

Quando o português chegou
Debaixo de uma bruta chuva
Vestiu o índio
Que pena!

Fosse uma manhã de sol
O índio tinha despido
O português.

Porque português só é esperto
quano mete água no corno

e indio é burro com água no corno
Basileiro é sempre esperto
por isso Romeu vai passar a perna em vcs todos escrevam k eu digo

Sergio disse...

Caralho romeu aqui aparece cada tosco do caralho agora um osvaldo brasuca que só diz merda e eu bebedo que nem vejo o que escrevo olha vão-se foder hoje não dou uma

Sergio disse...

Caralho ia-me mijendo a ler o que o brasuca escreveu e o nome dele a condizer foda-se

sergip disse...

Caralho não consigo sair daqui tou borratcho mas sei quem sou sousou o sergio

Romeu disse...

Osvaldo amigao.
Ainda bem que estas comigo,claro vamos por estes Portugas na ordem,pelo menos este Rui que anda aqui so a dizer mal de mim e de nos.
Forca Osvaldo,ataca neles.
Romeu.

Romeu disse...

Porra Sergio,onde fostes apanhar essa cabra tao grande, porra isso e ca uma carrada de tijolo grande,foi com o resto da garrafa de champanhe do Rui Bobi?
Olha cura essa puta bem caralho,hoje esta tosquinho caralho.
Romeu.

Romeu disse...

Joana.
Esses teus versos sao dirijidos a quem gatinha?
Pena nao serem para mim.

Ea Rebeca essa nao sei pra que santo pede,fico a ver naviosrsrsrsrsrsrs.
Romeu.