sexta-feira, 27 de março de 2009

# CRIAR ÁGUA NA BOCA #




Ambiente perfumado,

tu, desnudada,

olhar acariciado,

teu perfume exalar,
acelerada ficar...

Água na boca criar,

só de pensar que te vou amar...

Movimento descontrolado,

olhar ousado,

dedos gritantes,

mãos possantes,
desenham no corpo a vontade...

Vontades que se amam,

a pele inflamam...

Bocas que cumprimentam no beijo,

nos deixam com desejo...

Desejo ardente,

vontade em consumir,

de prazer forte e quente..

O beijo te incita,

teu corpo me excita,

tuas pernas que enfeitiçam,

meus dedos que deliram,

nossas bocas que se perdem,

na paixão não vacilam,

línguas atrevidas tanto se querem...

Deixa-me louco,

ondular no teu querer,

morder teu corpo em loucura,

gritar de prazer,

e ser o orgasmo que perdura...

10 comentários:

Romeu disse...

Ah... Como quero....

Quero você...
Desejo você
Quero poder te abraçar
Quero poder me perder em teus braços
Me envolver em abraços
Sinto uma grande saudades
Uma enorme vontade
De me fundir em você
Tenho um imenso desejo
De te amar, De me soltar
Me perder e me achar em você....
Quero teu calor
Quero me entregar ao cansaço
De uma noite de amor
Quero ver teu rosto
Sentir o suor em nossos corpos
Esgotado de amar
Quero dizer...
Preciso dizer...
EU TE QUERO...
EU DESEJO VOCÊ....

Romeu.

REBECA disse...

Una fuente de ilusiones broto de lo mas
profundo de mi corazón mi Angelito Rui.
Es tanto el amor que
me das que me siento perdida cuando tu
te vas.
Llegaste a mi vida como un faro luminoso
iluminando mi corazón y después todo mi
rostro.
Al sentir tu pecho junto a mí,
es como si tu corazón latiera dentro de mi.
Sentir tus labios que besan los míos,
es como sentir el calor de la pasión
que queman los sentidos.
Amar como me amas pocos lo saben hacer,
sentir tu amor como lo siento es volver a nacer.
Entre tu y yo solo existe un corazón
no te vayas de mi lado, que me muero sin tu amor.
REBECA.

Zeca Diabo disse...

O peido que a nêga deu quase não passa no cu....

A nêga tinha comido
Da panela de um cigano
Pimenta, sebo e tutano
Cebola e peba dormido
Foi tão grande o estampido
Que se ouviu no Pajeú
Toda praga de urubu
Da caixa prego desceu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Na fazenda Gado Brabo
Num casamento que havia
Comeu tanto nesse dia
Mocotó, feijão, quiabo
Meia noite abriu do rabo
Defecando o que comeu
Toda prega se rompeu
Na porteira do baú
Quase não cabe no cu
O peido que a nêga deu

Quando o peido quis fugir
As tripas se revoltaram
E o cu do peido vedaram
Para o peido não sair
O peido não quis pedir
Mas o cu se arrependeu
O peido inchou e cresceu
Do jeito de um cururu
Quase não cabe no cu
O peido que a nêga deu

cu seboso e vagabundo
O peido tinha razão
Um fundo fazer questão
De um peido passar no fundo
Mais veloz como um segundo
Esse peido endoideceu
Fez finca-pé no "suru"
Quase não cabe no cu
O peido que a nêga deu

Depois da grande explosão
A nêga se aliviou
A meninada apanhou
"Caco" de cu pelo chão
Pano de fundo e botão
Caroço e casca de umbu
Uma chibata de angu
Do entre perna desceu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Não foi brincadeira não
Quando o rabo estremeceu
O peido que a nêga deu
Ribombou como um trovão
Ela firmou-se no chão
No tronco de um mulungu
Levantou o mucumbu
Abriu a tripa gaiteira
Quando o peido fez carreira
Quase não passa nu cu

Ela não tem cerimonha
De peidar seja onde for
Me disse Joaquim, senhor
Que essa nêga senvergonha
Viciou-se na maconha
Mocotolina e pitu
Bebe mais do que timbu
No samba de Zé Bedeu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Quase não pode passar
O chefe da caganeira
O peido encontrou barreira
Deu vontade de voltar
Pois quem quer se libertar
Enfrenta até canguçu
Depois do maracatu
A dona do cu gemeu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Eu não conheço valente
Por muito brabo que seja
Que não peido na peleja
Vendo o perigo na frente
Com o medo que a gente sente
Mais ligeiro o peido vem
Empurrado por xerém
Cebola, feijão, quiabo
Dizer na porta do rabo
O valor que o peido tem

No mundo não há ninguém
Pra saber mais do que eu
O valor que o peido tem
E o peido que a nêga deu

A nêga peidou peidou num trem
Que ficou de bunda pensa
Um nêgo pediu licença
Soltou um peido também
A nêga disse meu bem
peido grande só o meu
Vale por trinta do teu
Peidei melhor do que tu
Quase não cabe no cu
O peido que a nêga deu

Assim que o peido passou
Fez a nêga uma careta
A bunda ficou mais preta
O cu abriu-se e fechou
Um chifrudo perguntou
O que foi que aconteceu?
Um veado respondeu:
Ainda não sabes tu!
Quase não cabe no cu
O peido que a nêga deu

O peido é coisa comum
Chega para todo mundo
Mas de não passar no fundo
Talvez não haja nenhum
Quando a nêga soltou um
Fedendo a defunto nu
Não escapou urubu
Quem tinha venta perdeu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

peido não sabe o que faz
É comum cego sem guia
Quase o peido não saía
O volume era demais
Para passar por detrás
Foi tão grande o sururu
Entre castanha e caju
O caju foi quem venceu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Assim que o peido gritou
Na chapeleta do fundo
Na quadratura do mundo
A voz do peido estrondeou
Velho Amazonas deixou
De lutar contra o Xingu
A preta cor do muçu
Disse ao peido o mundo é teu
O peido que a nêga deu
Quase não passa no cu

Se famoso quis ficar
Dante sofreu na comédia
Shakespeare, na tragédia
Camões em gôa a nadar
Teve Homero de cantar
Os feitos da raça grega
A que ponto o mundo chega
Um peido eterno ficou
Depois que imortalizou
Uma nêga e o cu da nêga.

ZECA DIABO.

Joana. disse...

PARA O MEU GRANDE AMOR RUI..
Sensual e intenso é o momento...

Que tomas meu corpo...

Com carícias... Com tua boca...

Com tuas mãos...

Vens, tomas, bebes, enlaças minhas coxas...

Fendes, dás, tiras...

Num repente, antes que desfaleças em prazer e luxúria...

Desço entre tuas pernas...

Desejo de ter-te...

Gozar um prazer quente e úmido...

Que não se iguala... Abraço-te...

Movimento das tuas ancas em mim...

Minha boca... Procura-te...

Na emergência de querer-te, sentir-te...

Ser tua...Somente...!
JOANA.

Anjo disse...

O encaixe perfeito pra nos dois Princesa.


Sonho com o dia que terei meu corpo
Colado ao seu.
Com o dia em que minhas pernas
Estarão enroscadas nas suas.

Sonho com o dia que terei suas mãos
Em meu corpo, me levando a loucura,
Fazendo-me gritar de tanto prazer!!

Sonho com o dia que terei sua língua a passear
Na minha boca, fazendo uma caçada gostosa em busca de uma união excitante com a minha!

Sonho com o dia que verei você suplicar, implorar
Pelas minhas caricias, e então ouvirei sua voz rouca
Em nosso leito dizendo: Não para amor, não para!
E eu a percorrer o seu corpo moreno com lambidas
Quentes e suaves!!!

Sonho com o dia que você vai me morder, me beijar,
Fazer-me gritar que sou sua, e que preciso de
Você dentro dos meus bracos, agora, já.

Não perca tempo me tome, use e abuse desse corpo
Que é todo seu, dessa língua que quer ser sugada pela sua,
Desse pescoço que clama pelas suas mordidas, desse
Quadril que anseia pelo encaixe perfeito com o seu,
Em uma dança sensual e primitiva.

Tome esse coração que não vive sem o seu amor!!
Meu desejo é resultado da sua existência em minha vida,
Dos seus carinhos e das suas palavras que tem gosto de
Amor verdadeiro... Te amo meu doce mel minha Princesa!!!

ANJO.

rui m disse...

Eu tenho dois amores
Parece a canção do Marco Paulo em nada são iguais uma portuguesa outra espanhola, é bonito mas amigas eu chego para as duas e se vocês quizerem vamos nessa, eu as amo as duas e as farei minhas rainhas, para inveja destes panascas

Capri disse...

Precios Romeu, tanto el post como los comentarios que te dejan.

Un lugar lleno de encanto, de serenidad y de muchos sentimientos.

Un beso muy dulce a ti y a todos los que te han dejado sus palabras aqui.

Seguiré tus pasos y tus letras preciosas

Sergio disse...

Rui tu tens dois amores olha eu e o romeu vamos somando e seguindo mais uma espanholita caralho agora é que vai ser é á grande só falta a francesa mas vai aparecer e tu chupas no pinto do anjo

Romeu disse...

Rui tu tens uma merda cabrao,nao te aguentas com uma que fara com duas,estaz a ladrar demais bobi,es um panasquinha que andas por aqui.
Romeu.

Romeu disse...

Capri.
Obrigada amiga,e um prazer ler teu apoio,em verdade gostei,pareces muito bonita,espero que comentes mais.
Romeu.