sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

PRENDA DO RUI...

O RUI VAI A MADRID
E A REBECA JÁ TEM UMA PRENDA PARA ELE
SÃO OS CORNOS QUE LHE PÔS EM PORTUGAL
ELE VAI FICAR FELIZ

6 comentários:

REBECA disse...

No Mi angelito Rui.
Yo entiendo un poco el portugues,pero no lo escribo,y el Romeo hace cosas que no son realidad,no lo creas mi amorcito Rui.
Rebeca.

XAVIER disse...

NOSSO ENCONTRO ENESPERADO GATINHO RUI,
FOI MARAVILHOSO AMOR.

Sábado, perto das 21:15, recebo um sms do Rui a provocar-me... "Estou a passar perto da tua casa, posso aparecer para jantar? ;-)"
Não..nao estou em casa Xavier, encontro-me perto, nas compras... Apresso-me a responder que ainda ando nas compras, mas se quer tomar café Gato...
Saio das compras a correr e telefono... Mato saudades da voz e todo o meu corpo acelera, minha bunda palpita... Pergunto, ainda estás perto? Estás com pressa? Queres que vá ter contigo? Fala-se um pouco de tudo e de nada antes de se misturar provocações, que inevitavelmente entram na conversa... De um lado e outro gera-se uma batalha entre o racional e o desejo, a loucura, as saudades, a vontade carnal de um pedaço do outro,uma tranza na bundinha...
Já o tenho situado e direito, só falta o derradeiro "sim, vem ter comigo Rui", provoco e espero, a batalha dele dura mais que a minha, em que me rendo logo aos encantos dele, esse gatinho lindo, sou o elo mais fraco...Quanto tempo levas a chegar aqui Rui? Nem 2 minutos respondo eu cheio de tesao, já quase a meio caminho do sitio... Vou no sentido oposto, passo por ele, faço inversão de marcha, abrando, faço-lhe sinais de luzes, arranca atrás de mim... Quero pensar onde o posso encaminhar para me deliciar dele durante um pouco de tempo, que não podia ser muito, perco-me no caminho, recordo-me de vários sítios perfeitos, mas que consumiriam tempo, que não nos era muito...não encontro o caminho para um sitio algo descampado e escuro que me tinha ocorrido. Mas vejo um estacionamento, talvez de uma fabrica ou armazém, escuro e entro... Ficam os carros lateralmente estacionados. Passo rapidamente do meu para o dele e beijo-o de saudade, de felicidade deste encontro inesperado num Sábado à noite... Sou louco por meu gatinho Rui, já o admiti, ele sabe-o, essa loucura dá-me um certo estatuto, entro, beijo-o e apalpo-lhe o caralho, quero-o, ele está ali para me o dar...Indaga-me se o local será apropriado, não o era, pouco me importava... Peço-lhe que me o deixe cheirar e provar um pouco, o meu pedido é atendido... Debruço-me e lambuzo o caralho todo, brocho avidamente, com medo que a qualquer momento ele o guarde... Escorrego até o engolir todo, bato uma punheta enquanto circulo a cabecinha, volto a enterrar todo até à garganta, perco-me no broche, gemo, deliro... Dá-me vontade de o beijar, a minha língua enrola-se na dele, enquanto lhe bato uma punheta instintiva... Encaminha-me para o broche e vem-se na minha boca, inunda-me de leitinho, sacia-nos um pouco aos dois... Embora houve-se vontade de muito mais... Saímos rapidamente do sítio improvisado, cada um à sua vida, embora me tenha ficado uma enorme vontade de mais e de muitos chamegos, que para isso nem tempo houve,de foder aquela bundinha linda de gatao macho....

""XAVIER""

rui m disse...

Rebeca não te preocupes o romeu não presta não vale um corno é mau porco ordinario e quer afastar todos mas se lixou perdeu a Princesa agora tem uma porca atraz dele devem ser iguais mas tu és linda

rui m disse...

Xavier
olha foda-se caralho

Sergio disse...

Olhem lá estes cornos foram os que eu enfiei ao Rui e vejam só o malandro já os serrou levou um serrote e os cortou e agora os oference de presente á Rebeca ficou orgolhoso o rapazote velhote

Romeu disse...

Pois e Sergio,o Rui gosta de guardar as prendas todas,e como ele adivinhou levou logo o serrote,boa,ja deve ter uma boa montra o velhote la em casa.
Romeu.