quarta-feira, 29 de abril de 2009

# UM SONHO MEU #


Nossos corpos se abraçam,
as mãos se entrelaçam.
Nos olhos o desejo,
as bocas que se unem
na ânsia dos beijos.
A respiração se entrecorta.
Minhas mãos acariciam o teu corpo,
que responde ao meu
em busca da posse.
Os teus seios,
nas minhas mãos,
duas taças que transbordam
o vinho do prazer.
As tuas mãos, as minhas...
caminham entre as nossas pernas,
tentando encontrar uma passagen secreta.
A fenda que humedece se abre,
recebe o falo erecto que penetra,
se inunda de louco prazer...
Minha voz num sussurro,
tenta eliminar o teu cansaço...
A tua fronte no meu colo pousa,
serena, em descaso...
Minhas mãos,como plumas
passeiam ávidas pelo teu corpo...
A minha boca te acaricia
e no mais profundodo teu ser...
Vem amparar teu gozo.
Sempre e mais,
nos debatemos nesse desejo louco,
que cresce, entumece,
alaga edespe as nossas alma
se nos faz feliz, por agora...
Com tão pouco!

7 comentários:

Princesa disse...

Meu amor
Uma vida...
Uma esperança
Uma passagem sentida
Um sonho de criança
Sonho alimentado
Na noite e na solidão
Sonho acorrentado
A um pobre coração
Anos passaram
Num sonho arrastado
Saudades ficaram
E o sonho...
Esse foi realizado.
No dia em que te conheci
eu te amo
muitooooooooooooooo!!!!!!!!!

REBECA disse...

Llueven lágrimas
y en las paredes de mi alma
se transmite la tristeza.

Tristeza fría con goteras ardientes
de sal surcando mis mejillas.

Mi corazón se extravía
en la boca del lobo
de esta noche negra y espectral.

Alma triste y melancólica,
corazón perdido en la negrura,
mis brazos buscan abrazarte
y sólo abrazan lluvia.

Habría ya muerto de frío
si no ardiera
en mi pecho
tu nombre

Palma da Mão disse...

Hmmm, delicioso...
Beijinhos e obrigada pelo carinho meu amigo:)
Liliana

Joana. disse...

Sou profana...
Adoro o pecado... A transgressão...
Os ritos de sedução...

A insensatez de meus atos...
Refletem minha paixão...

Malícia... Volúpia... Lasciva...
Meu delito... É o desejo que sinto...
De ser a fêmea... Sem pudor... Insana...
Que se revela quando encontra...
O frenesi do teu olhar...
Puro desejo... Puro instinto... Puro delírio...!

Romeu disse...

Princesa
como é tão bom o nosso amor
Corpos quentes... Enlaçam-se... Entrelaçam-se... Envolvem-se... Dissolvem-se... Desfazem-se... Refazem-se... Corpos lânguidos... Corpos sedentos... Corpos lamentosos... Buscam-se... Entre lençóis... Perdem-se... Em prazeres... Corpos ardentes... De curvas... Relevos... Depressões... Planícies quentes... Pudores ausentes... Corpos... De coxas... De mãos... De bocas... Embriagam-se... Renovam-se... Saciam-se... Vibrações ocôncavas... Ânsias convexas... Até a exaustão... Corpos... De aromas... De Odores... De sabores... De sensações... Desnudam-se... Consumam-se... Consomem-se... Rendidos... Em seus próprios desejos...!
Beijos eu te amo

Sergio disse...

Está tudo muito confuso por aqui para quem fala a princesa no do anjo é para ele no dela é para ela e no teu?
aqui há gato e eu o apanho ai se apanho
já estou como a Liliana vou entender

Romeu disse...

Liliana
minha querida amiga
ummmmmm beijinhos para ti e obrigada amiga pelo teu carinho e por estares sempre presente
um beijo grande
Romeu