quinta-feira, 30 de abril de 2009

ME PROVOCA COMO NUNCA...


Provoca-me, como nunca me provocaste
Entrega-te aos prazeres, e provoca-me,
Excita-me, deixa-me sentir o teu desejo,
Provoca-me!!!
Entrega-me o teu corpo,
E eu dou-te o meu coração!
Provoca-me!!!
Beija-me o corpo,
Entrego-me a ti!
Provoca-me!!!
As excitações estão ao rubro,
Orgasmos ameaçadores aparecem,
Parecem trovões numa noite de tempestade!
Provoca-me!!!
Vimo-nos em provocações,
Explodimos em prazer!
Vem, e provoca-me!!!

5 comentários:

Princesa disse...

Meu amor
Hoje me dispo de mim.
Me esvazio
E me deixo...
Hoje me visto de você
Pra te sentir melhor na pele,
No corpo,
Na alma
E no coração...
Hoje entro em você,
Me confundo com você
E somos um só
Pelo espaço de um momento.
Hoje me reservo o direito
De te amar
Sem medidas
E sem condições.
Hoje me entrego,
Sou toda poesia,
Sou noite,
Sou dia,
Sou corpo vibrando,
Sou toda emoção.
Hoje estou queimando...
Hoje sou você,
Hoje sou só paixão...

Te Amo

REBECA disse...

He llegado al límite,
en el que mi alma y mi cuerpo piden detenerme,
me estoy haciendo daño,
voy a analizar todo en mi vida,
no importan las cosas negativas que hice,
ya no más, sin dolor al anonimato,
los buenos momentos se quedan conmigo,
dentro del corazón.

Mis ojos están cansados de llorar,
ya fué suficiente de todas las lágrimas derramadas,
tras ellas se esconden miles de historias,
que reservé para mi,
es el tiempo de imponer un acto,
y lo mejor que puedo hacer es olvidar.

Esos instantes llenos de desesperación,
en los que quiero desaparecer de aquí,
con las manos derramando tristeza,
sostengo la cara, no fué algo que valiera la pena,
me veo a través de la ventana,
llegué al límite,
esto me lleva al borde de la locura.

He tomado mi vida por el extremo del miedo,
me aferro a los brazos del suicidio,
cuando la sangre corre por mis muñecas,
suelto mi cuerpo al vacío de la vida,
mas esto no tiene sentido.

Es difícil caer,
y no tener donde sostenerme,
duele, me cuesta tanto levantarme,
abro los ojos,
no hay nadie a mi alrededor,
quiero gritar pero no puedo,
ademas .............¿quién me escuchará?

Romeu disse...

Princesa
Quando puder te tocar,

teus lábios puder beijar...

Há de ser uma magia louca,

poder beber o néctar de tua boca.


Sentir nossos corpos unidos em calafrios,

pelas mãos arteiras e atrevidas que deslizam matreiras,

provocando gemidos...

União de corpos, almas e bocas,

dum frenesi a ânsia louca...


Cair-se-ão todas as roupas,

e no ápice da resistência

sentir toda tua ardência,

invadindo-me... Me possuindo...


E a sede de duas almas,

cada vez mais ávidas,

buscarão a saciedade latente,

na união de dois corpos ardentes.

Romeu
.

Palma da Mão disse...

A provocação sem duvida o caminho da entrega:)
beijinhos migo e obrigada pelo carinho
Liliana
Beijinhos

Joana. disse...

As vezes o silêncio
fala mais
diz coisas que jamais
as palavras poderiam dizer
Você apenas precisa aprender
a escutar a sua consciência
e olhar com o coração
Quase sempre a expressão
mais linda vem do silêncio
quando as palavra
sainda não falaram...