quarta-feira, 6 de maio de 2009

« EXPERIMENTE-ME »


TU,

que me lês passivamente,

cuja exigência ainda não está satisfeita

para provocar uma reacção,

isto é para TI:

Deixa-me agarrar-TE,

sair de dentro de TI.

E agora olha-me.

Olha-TE.

Conta-me o que vês.

Quero saber o que pensas e o que não pensas.

Não tenho a mínima pretensão de provocar toda a gente,

mas quero provocar-TE.

A TI, só a TI.

Tem de ser.

Estou longe?

Só porque TU o permites…

Não me votes a essa TUA indiferença!

Dá-me a TUA faísca

Ousa.

Experimenta.

Experimenta-me.

Experimenta-TE.

6 comentários:

REBECA disse...

Al callar la orquesta, pasean veladas
sombras femeninas bajo los ramajes,
por cuya hojarasca se filtran heladas
quimeras de luna, pálidos celajes.
Hay labios que lloran arias olvidadas,
grandes lirios fingen los ebúrneos trajes.
Charlas y sonrisas en locas bandadas
perfuman de seda los rudos boscajes.
Espero que ría la luz de tu vuelta;
y en la epifanía de tu forma esbelta,
cantará la fiesta en oro mayor.
Balarán mis versos en tu predio entonces,
canturreando en todos sus místicos bronces
que ha nacido el niño-jesús de tu amor.

Zeca Diabo disse...

e sustos derramando
por terras e por mares,
aqui e além atira mortais botes,
dando co`a cauda horríveis piparotes,
assim tu, ó caralho,
erguendo o teu vermelho cabeçalho,
faminto e arquejante,
dando em vão rabanadas pelo espaço,
pedias um cabaço!

Um cabaço! Que era este o único esforço,
única empresa digna de teus brios;
porque surradas conas e punhetas
são ilusões, são petas,
só dignas de caralhos doentios.

Joana. disse...

Assim...
de repente me descobri assim...
lava incandescente...
vulcão...
Nunca
nada antes foi assim...
nunca desse jeito
ardente...relampejante
tempestade e abismo.
Nenhuma vez
em nenhuma cama
tantas sensações misturadas
tantas emoções desconcertadas.
assim
me fizeste assim
como a saltar do penhasco
como a mergulhar no profundo
como a violar o profano
me fizeste tudo
e eu me descobri
outra mulher

Palma da Mão disse...

Sabes migo, acho que de facto está tudo aí mesmo!
Para quê complicar?Porra, as coisas seriam bem mais simples se todos as vissemos assim simples, sem ques nem porques...
Beijinhos e obrigada pelo carinho e pela visita
Liliana

Blue disse...

Retribuindo visita e comentário.
E claro, experientar sempre.
Abraços

rui manuel disse...

Liliana
que fez agora o Romeu
olha amiga´o gajo ás vezes se porta mal mas é bom rapaz mas nunca falha aqui e ontem falhou, ficou acorrentado com a mulher ou então faltou a luz lá em casa
todos falham menos ele aqui há miauuuuuuuuuuuu!