segunda-feira, 4 de maio de 2009

DISFARCE...


COMO O RUI DISFARÇA
ESTE É GAY NÃO ASSUMIDO
AINDA TEM VERGONHA DE ADMITIR
O QUE TODOS SABEM

4 comentários:

Zeca Diabo disse...

Quem extinguiu-te o entusiasmo?
Quem sepultou-te neste vil marasmo?
Acaso para teu tormento,
indefluxou-te algum esquentamento?
Ou em pívias estéreis te cansaste,
ficando reduzido a inútil traste?
Porventura do tempo a dextra irada
quebrou-te as forças, envergou-te o colo,
e assim deixou-te pálido e pendente,
olhando para o solo,
bem como inútil lâmpada apagada
entre duas colunas pendurada?

Caralho sem tesão é fruta chocha,
sem gosto nem cherume,
lingüiça com bolor, banana podre,
é lampião sem lume,
teta que não dá leite,
balão sem gás, candeia sem azeite.

Joana. disse...

Lá estás tu Romeu a te meter com o Rui coitadito já veio a até está teu amigo não faças isso muito gostas tu dele eu vejo isso como um carinho

REBECA disse...

Callo y escucho tus versos
en este denso silencio.

Callo y escucho tus besos
que se cuelan por mis poros
y se asientan en mi cerebro.


Mientras escucho tus labios
besar mi desnudo cuerpo,
tus labios en mi declaman
versos bellos y tiernos.


Con cada beso me dices;
Me dices cuanto te quiero.


Recuerdas; Te dije un día
que no hace falta gritar,
para escuchar el silencio.


Callo y escucho tus besos
Mientras que tus lindos labios
En cada poro de mí escriben,


los poemas más intensos.

rui manuel disse...

Tens razão Joaninha lá está o romeu outra vez mas olha eu já nem ligo até gosto das anedotas dele o Sergio é que anda aqui a mais´