quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Princesa minha...


Princesa

Quando puder te tocar,
teus lábios puder beijar...
Há de ser uma magia louca,
poder beber o néctar de tua boca.
Sentir nossos corpos unidos em calafrios,
pelas mãos arteiras e atrevidas que deslizam matreiras,
provocando gemidos...
União de corpos, almas e bocas,
dum frenesi a ânsia louca...
Cair-se-ão todas as roupas,
e no ápice da resistência
sentir toda tua ardência,
invadindo-me... Me possuindo...
E a sede de duas almas,
cada vez mais ávidas,
buscarão a saciedade latente,
na união de dois corpos ardentes.

2 comentários:

Princesa disse...

Meu amor
Hoje me dispo de mim.
Me esvazio
E me deixo...
Hoje me visto de você
Pra te sentir melhor na pele,
No corpo,
Na alma
E no coração...
Hoje entro em você,
Me confundo com você
E somos um só
Pelo espaço de um momento.
Hoje me reservo o direito
De te amar
Sem medidas
E sem condições.
Hoje me entrego,
Sou toda poesia,
Sou noite,
Sou dia,
Sou corpo vibrando,
Sou toda emoção.
Hoje estou queimando...
Hoje sou você,
Hoje sou só paixão...

Te Amo meu Anjo lindo

Junior disse...

"Princesa minha"...adorei esta postagem.
Abração.